Programa de coleta seletiva de lixo está ausente em 42,7% dos municípios

 

Do total de municípios, 32,3% (1.796 municípios) possuem programa, projeto ou ação de coleta seletiva de lixo em atividade, ao passo que em 3,3% (184) há projeto-piloto de coleta seletiva em área restrita e 2,5% (138) com coleta interrompida. Por sua vez, foram registrados 42,7% (2.376) das cidades sem programa, projeto ou ação de coleta seletiva de lixo e 19,2% (1.070) sem programa, mas com projeto ou ação de coleta seletiva de lixo em elaboração.

A região Sul é a que possui a maior proporção de municípios com programa de coleta seletiva em atividade, 55,8% (663), seguida da região Sudeste, com 41,5% (693).

A pesquisa também identificou que em 30,7% (1.711) das cidades havia conhecimento das prefeituras acerca da existência de cooperativas ou associações de catadores de materiais recicláveis. A participação de catadores organizados na coleta seletiva ocorre de maneira informal em 36,2% (620) desses municípios, e em 48,1% (824) a participação se dá em parceria com a prefeitura. Nas prefeituras que reconheceram a existência de organizações de catadores, 11,5% (197) apontaram não haver participação destas na coleta seletiva, enquanto 4,1% (70) não souberam informar.

Fonte: IBGE – publicado por Ecodebate

É importante lembrar que foi criada em 2010 a política nacional de resíduos sólidos  (lei 12305/2010).

Esta lei estabelece uma Nova Política Nacional de Resíduos Sólidos, e inclui que as cidades implantem uma Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) até 2014. O PNRS deve permitir que os lixos ou resíduos sejam segregados e os mesmos tratados ou reciclados. Poderão ser direcionados aos aterros sanitários somente resíduos de origem orgânica.

 A ACQUA CONSULTING presta consultoria para as prefeituras conseguirem se adequar a essa nova lei, que tem prazo final até 2014.

A nossa consultoria atua em:

  • Desenvolver o PNRS
  • Definir capacidades, perfil e características do lixo, incluindo amostragem e pesquisa em campo
  • Definir a mecânica de segregação, tratamento, reciclagem e disposição final dos resíduos analisando tecnologias em custo e benefício
  • Descrever e calcular dados de recuperação de energia com aterros, payback com a venda de sucatas e outros resíduos, estudo de potenciais compradores dos resíduos reciclados e grau de interesse em função de transporte, distância, qualidade, etc.

Nos procure!!